Guru do Amor | Namoro gay, distância e dúvida! (Dúvidas dos Leitores)
750
single,single-post,postid-750,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Namoro gay, distância e dúvida! (Dúvidas dos Leitores)

Namoro gay, distância e dúvida! (Dúvidas dos Leitores)

“Eu conheci uma menina do Rio e eu sou de São Paulo, temos praticamente a mesma idade. Ela namorava uma menina antigamente e já foram até para cama e tals. Só que eu moro longe e ela dizia estar apaixonada por mim, fazia de tudo por mim. Aí, contei para minha Mãe que eu gostava de uma menina e tals, ela apoiou. A família dela é rígida e não sabe de nada ainda, só desconfiam.
Enfim, eu estava no msn e a amiga dela me mandou uma conversa dizendo que ela estava comigo e com a ex dela que mora no Rio, mostrou até uma conversa. Eu perdoei porque ela disse que não fez, que não traiu. E tipo, a ex dela não quer nada com nada e minha namorada disse que a ex não é mais nada. Mas ainda sim fico perturbada, achando as coisas na redes sociais e tal. É uma pena minha namorada não ver que mesmo sendo gays e morarmos longe eu a quero, quero assumi-la para todo mundo e quero ter uma vida na sociedade com ela! Sou louca por ela, mas somos muito jovens. Será que ela está com a ex? Meus amigos ficam falando que ela deve estar. De uns tempos para cá nós só brigamos e ela não é mais o que era comigo. Que eu faço? Fico triste de acabar tudo mesmo estando longe, pois eu a amo! Eu brigo, me descontrolo, mas eu realmente a amo.” Larissa
Olá, Larissa!! Vários pontos a serem trabalhadas no seu depoimento, pois fala de relação à distância, entre pessoas do mesmo sexo e jovens. Uma mistura que com certeza causa dúvidas em todos os envolvidos.
O ciúme em grande parte é fruto de nossa insegurança, faz com que entendamos que o controle pode fazer com que o outro não nos “engane”. O porém é que tal tentativa de controlar o outro nunca tem resultado duradouro e sempre atrapalha a relação, pois prende, sufoca e dá a ideia de obrigação, o que não é interessante para ninguém.
Tente não se descontrolar nem brigar, pois tais atitudes dificilmente ajudam a melhorar alguma situação. O nervosismo e o ciúme não nos deixam perceber a realidade e faz com que tomemos certos comportamentos que podem nos prejudicar e magoar as outras pessoas.
Seja mais segura de si, busque confiar e acreditar no que você realmente tem de bom para ser e a oferecer. A base de um relacionamento é a confiança e com a distância essa deve ser ainda mais forte.
Procure uma relação sempre pautada no diálogo, respeito ao espaço do outro e principalmente a si mesma.
Não tenha receio ou medo de buscar sua felicidade, mas nunca se esqueça de que ela não vem fácil nem de graça!

Força!

Um grande abraço do seu GURU DO AMOR!

No Comments

Post A Comment