Guru do Amor | Porque ser feliz é uma questão de escolha
0
home,blog,paged,paged-12,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-10.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

Guru do Amor

“eu sou sagitariana meu namorado é ariano. Quando estamos juntos ele me passa muita segurança, eh atencioso, carinhoso, faz tudo pra me agradar, Mas quando nao estamos juntos, ele parece um pouco frio as vezes, principalmente no telefone. Esquece de me dizer onde está, me deixa muito a vontade pra ir pra onde eu quizer, não tem ciumes, diz que confia em mim que quer ser um namorado bom, não ser grudento. Eu ate gosto disso nele, eu gosto de ter meu espaço, mas ao mesmo tempo isso me deixa  um puco insegura,estou acostumada a eles me procurarem muito e ficar no meu pé a ponto de me irritar e terminar tudo com quem eu estou, e com ele eh diferente. Porque é como se ele não demonstrasse o que ele sente, só nos momentos mais intimos. não sei se é uma característica dele. Queria saber como eu devo agir. o que é que eu faço com relação a isso?” Raysa Olá Raysa! Nem vou falar do seu namorado, pois pelo que você conta, ele age como toda mulher pede e você mesma (nos seus relacionamentos anteriores), motivo que faz até você terminar seu relacionamento.

“fiquei com um menino no cinema porno,nunca tinha ido e nem queria fazer nada. Daí conheci ele e tal, foi super fofo comigo e acabamos ficando. Eu estava um pouco tímido com ele, então falei pouco até q ele foi até o bar. eu num quis ir disse, q esperaria aonde estava. na mesma hr meu amigo veio me chamar para ir embora e fui sem dar tchau e trocar telefone, pois tanto o meu qnt o dele estava na ''chapelaria'', desde de então não esqueço esse menino!!” Cauã Ola, Cauã!! Você não me fez nenhuma pergunta, apenas contou sua história. Tenho que dizer que é um pouco engraçada me desculpe, mas estou imaginando a cara do rapaz quando voltou e não te viu mais. É engraçado para mim que não estou na história, só que imagine se fosse ao contrário. Creio que você não gostaria, né?!

“Oi guru, não consigo arrumar um namorado! e estou muito afim, de arrumar um! sera que tenho algum problema? obrigada beijos.” Camila Oi, Camila!! Calma, meu bem. Fique tranqüila! Não seja tão ansiosa em arrumar um namorado assim, pois você nem sabe se vai ser bom ou não! Problema não posso dizer se você tem ou não, mas mesmo se tivesse não seria um impedimento de conseguir arrumar um namorado. A questão é a qualidade desse namorado. Arrumar até que é fácil, o difícil é manter e ter um que te traga tudo o que você anseia e imagina.

Existe uma frase ou lema de vida que pelo menos uma vez na vida já usamos: “Vivo meus momentos como se fossem os últimos!”. Mas será que realmente é legal pensarmos dessa maneira? Que energia nós atraímos com esse tipo de pensamento? Eu estava trocando e-mail’s com uma grande amiga, orientadora e tudo mais. Ele disse palavras maravilhosas a respeito desse assunto. Imediatamente perguntei se poderia utiliza-las para um de meus textos e ela disse o seguinte: “Fique à vontade para realizar seus textos, com os temas que levanto. Só tome cuidados, para não pirar, assim, como eu...”. Realmente me pergunto se escrever é fruto de um processo de piração. De qualquer maneira vamos continuar.

“Eu também gosto de duas pessoas ao mesmo tempo e não sei o que faço, pois isso é uma loucura muito grande. Queria descobrir se o que eu sinto pelos os dois é a mesma coisa. Eu acho os dois lindos, perfeitos, mas ficar junto com os dois nunca vai dar certo. Também tenho medo de perder os dois...o que eu faço? Outra coisa, eu acho se vc gostar dele muito o único jeito é correr atrás, mas se vc não gostar dele muito, é melhor seguir em frente e procurar outro...” Janaina

“Estou apaixonada por um homem casado o que devo fazer????” Aline Olá Aline! Estar apaixonado é bem gostoso, o problema é que perdemos o filtro e as vezes até o juízo. Baseado no que você diz, que está apaixonada por um homem casado não temos muito o que indagar, pois está bem clara a situação. Mas pensar você tem que pensar bastante, pois a situação se torna um pouco complicada quando você fala de alguém que já tem uma relação.